quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

a liberdade, as paixões, a aparência e os adolescentes

Vi hoje no subnick dum rapaz com aproximadamente 15 anos a seguinte máxima:

Resisto a tudo menos há tentação.

Então a que é que resistes mesmo?, apeteceu-me dizer-lhe.
Isto é completamente estúpido. Ridículo.
Saberá este rapaz ao menos qual o oposto de ceder a tentações? Não é resistir-lhe? É que resistir é precisamente o contrário de cair em tentação. Se cai em todas as tentações, então a nada resiste. Se a tudo resiste, nunca cai em qualquer tentação - seja ela de que natureza for. Se cai em tentação, não resiste. Se resiste, não cai em tentação. Necessariamente.
E o pior - sei que todas as rapariguinhas que leram aquilo devem ter-se sentido agradavelmente provocadas, já para não falar que a maioria dos que aquilo leram devem ter elogiado o gajo pela sua capacidade intelectual ou ter pensado que ele é o maior, que é bué fixe, meu, que é mêm bacano, que é brutal. Um ignorante a seduzir ignorantes. Qual deles o mais triste?
É por estas e por outras* (como esta) que me sinto excluída e que às vezes sinto vergonha de me incluir nos jovens (ou pior, nos adolescentes) da minha idade.

* Exemplos. Hoje, na aula de História A:
P. Emília: Foi por isso que o Churchill...
R.: Quem é esse?
P. Emília: Tu não sabes quem foi o Churchill?!
R.: Ah! Sim, o Xurxil! Sei, claro que sei.
Cármen: Sabes? Então quem foi?
R.: Então, foi um... homem... muito importante.
(...)
Joana: Eu cá acho que devíamos apostar nos carros híbridos.
R.: O que é isso?
Duarte: Eu não acredito. Este gajo não sabe o que é um carro híbrido!
R.: Ah! Híbrido, sim, sei.
Cármen: (Murmura ironicamente.) Sim, sabes, claro que sim. Queres ver? (Mais alto.) Então o que é?
R.: Então! É um carro... movido a... electricidade.
Cármen: Então e o carro eléctrico é movido a quê? Água?

Ponho o teu nome abreviado porque eu teria vergonha de estar no teu lugar. Não é mandar-te abaixo, é confrontar-te com a verdade. Não é vergonhoso não saber ou ter dúvidas, é vergonhoso fingir que se sabe só para fazer boa figura, ser aceite pelos outros e não ser gozado. Isso sim, é vergonhoso.

10 comentários:

S. disse...

"Não é vergonhoso não saber ou ter dúvidas, é vergonhoso fingir que se sabe só para fazer boa figura, ser aceite pelos outros e não ser gozado"

É isso mesmo!

E o gajo nem sabe escrever ("há" em vez de "à").

Ainda hoje um colega meu fartou-se de contar histórias para os caloiros e eles olham para ele como se fosse um ídolo, riem-se do que ele diz. Como se andar à porrada e embebedar-se fosse a cena mais fixe do mundo. Mente com quantos dentes tem na boca. Enfim... Eu não consigo estar ao pé deles, senão o meu cérebro explode com tanta barbaridade ouvida.

Cármen disse...

Isso do erro é o menos... é só um, não é muito grave. Há pessoas adultas que também os dão e não há problema com isso. Eu pelo menos não vejo. A menos que seja nalgo público e oficial.

S. disse...

Então e o desafio das cartas, hum?
Nada de fugir, afinal és uma leoa xD lol

Cármen disse...

S.: Ah, eu hei-de o ir fazendo. Agora tenho andado ocupada. Vá, desta vez não fujo. :p

S. disse...

É muito giro ver-te a comentar os posts do Paulo. Por acaso, acho que vcs os dois têm muito em comum... xD

Cármen disse...

S.: Achas mesmo? :D Mas porquê?
E o que é te leva a dizer que temos muito em comum?

S. disse...

Porque já falei com os dois e porque vejo a forma como escrevem. E sei mais ou menos como pensam. Encontro semelhanças, só isso.

S. disse...

Aparece pelo msn, mulher! xD

leoa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Cármen disse...

S.: Não, não era isso. Nas primeiras duas perguntas, queria saber por que achavas giro ver-me comentar as entradas dele.
Olha, quando eu à noite não estou a essa hora no msn, escusas de pedir, que não apareço mesmo. Ontem estava tão estafada que adormeci às 11pm a ouvir música, em cima da cama, no meio de roupa por arrumar. ._. Acho que estava a dobrá-la.