domingo, 20 de março de 2011

o mais audível grito

Dance by *kittynn
Encontramo-nos frequentemente, mas não nos conhecemos. Ou aliás, talvez ela me conheça, mas eu não a conheço, não sei quem ela é, o que quer de mim, por que me persegue ela ou quando há-de ela aparecer para ficar.
Estou cansada desta luz ténue que ilumina os meus dias enquanto ser que desconhece a morte.
Estou cansada de me enclausurar dentro da minha própria alcova e de ter receio de derrubar alguma coisa se a quiser abrir de vez. Está na altura de decidir entre ter precaução com a forma como a abro para não magoar os outros, não conseguindo passar por esta fresta estreita, e importar-me com a minha libertação e abri-la de rompante, com todas as forças que tenho, duma vez por todas.
Chega de janelas pequenas e lâmpadas de curta voltagem! Vou abrir as largas janelas que tenho no meu quarto, puxar as cortinas para o lado, arrancar os estores e deixar que o Sol fortaleça as células que me constituem e afogue as minhas mágoas com a sua luz! E, pronta para te receber, felicidade, chamar-te-ei o mais audível que as minhas cordas vocais e o meu diafragma me permitirem, para que saibas que nunca mais te vou deixar!


Do not be scared to fly alone. Find a path that is your own. (...)
What are you waiting for? Spread your wings and soar! (Christina Aguilera)

4 comentários:

S. disse...

*_*
E qual é o melhor dia para sermos felizes? Hoje mesmo! :D

Andreia André disse...

Adorei tudo! a imagem..e a musica** =)

Inês disse...

Adorei *-*

Tens jeito para escrever :)

Cármen disse...

Inês: Obrigada. :D