quinta-feira, 21 de julho de 2011

desagregantemente selados

Conteúdo para Adultos



A tarde cai sobre os estores semi-corridos da janela, deixando o quarto em tons azulados de cinza manchada. A presença dele é notória por algures atrás das costas dela, mas ela não o consegue localizar exatamente. Sente-se demasiado receosa para o encarar, mas demasiado ansiosa para querer partir.
Com um toque ligeiro das pontas dos dedos dele, ela sente o seu bafo quente arrepiar os cabelos na sua nuca, fechando os olhos delicadamente, quiçá para atenuar o efeito ou para o absorver com maior intensidade. A ligeira inclinação da sua cabeça fá-lo desejar apertá-la contra si, envolvendo toda aquela cintura com os seus braços. A observação do seu peito cuidadosamente arredondado arfar leva-o a sentir o seu estômago contrair-se enquanto se debruça mais sobre ela para lhe sugar o odor suave do seu pescoço com um leve percorrer do nariz, subindo levemente até à sua cara.
Ela estica toda a sua cabeça para trás, deixando que os lábios de ambos se colem com pouco movimento. Um novo beijo dele fá-la virar o seu tronco, segurar-lhe a nuca com veemência e penetrar o seu espírito com um dedicado beijo. Em retribuição, ele aperta-a contra si com um suspiro ininterrupto, usando as grandes mãos que possui para não a deixar ir. Ela diminui a intensidade com que o prende a si, fazendo as suas mãos deslizar suavemente pelo seu peito abaixo. Desperta o botão das suas calças e faz deslizar novamente as mãos peito acima. Ele desprende os braços da cintura dela e levanta-os, deixando-a atirar a sua única camisola para o chão.
Paralisado por momentos, contempla, com algum espanto, o quão longe chegou. Dobra as pernas, cerca as suas ancas e estica-se, levantando-a ao seu colo, enquanto caminha. Entrelaçando as suas pernas na cintura dele, vê-se ela, poucos segundos depois, encaixada no seu colo, ambos sentados na orla da cama. Ele beija-a dedicadamente, carinhosamente, sinceramente. Observa o seu rosto pálido e suave e vê as sombras das cortinas dançarem ao longo dos seus ombros, como se a sua própria pele branca fosse também rendada. Desejando revelar a sua palidez azulada, suavemente a despe e encontra-se deitado pelas delicadas mãos que o arrepiam e o completam sempre que lhe falta algo. Tinha por cima de si o corpo que reunia todo o seu desejo, a sua ambição, a sua satisfação e a sua plenitude - a sua mulher e a sua felicidade. Mulher essa que agora o protegia, preenchendo as suas fraquezas e entregando-lhe as suas em troca. Mãos essas que agora acompanhavam o movimento dos seus lábios sedentos de amor, que beijavam o seu peito como uma curandeira limpa uma ferida.
Ardentemente fez ela as suas mãos chegarem às maçãs do rosto dele, traçando o percurso inverso ao anteriormente caminhado. Aí, fez o seu corpo deslizar como uma alavanca ao encontro dos seus lábios, tendo as suas costas sido comprimidas contra aquele leito revolto. Envoltos um no outro, os seus corpos acharam-se virados e os seus lábios desagregantemente selados. E, finalmente despida, ela soube que era inseparavelmente, espontaneamente, livremente, verdadeiramente: dele.

17 comentários:

S. disse...

Primeira reacção: *olha para os tags* "Ena pá se tem sexo deve ser bom!"
Segunda reacção (depois de ler): AI PÁ! Eu não gostei! Eu adorei! Acho que andas inspirada ahahah XD

Cármen disse...

S.: Olha aí o julgamento rápido, que há muita porcaria sobre sexo no Blogger... :))

S. disse...

Sim, mas nunca haverá porcaria no teu blog. Bom, tirando aquele post dum homem a cagar... xD

Cármen disse...

S.: Andas engraçada, tu... xD Mas nunca se sabe. :)

S. disse...

Deve ser porque me sinto bem :) E acho pouco provável...

Cármen disse...

S.: As probabilidades não substituem as possibilidades. :)

S. disse...

Pá, o teu blog tem qualidade literária. As pessoas não vêm cá parar por procurarem coisas perversas. Eu tenho a certeza que não *cof* :P
Já agora, vou ver se há mais alguma entrada com a tag "sexo", fiquei curiosa xD

Riga/V-1-Boy disse...

gostei da conversa, que tivemos ontem. tou a matutar num texto para por no blog para a semana, baseado no que falamos

Cármen disse...

S.: Vou considerar isso como um elogio. Obrigada. :) Mas acho que nunca tinha feito algo SOBRE sexo, por isso não acho que tenhas muita sorte.

Riga/V-1-Boy: Ontem abordámos vários temas... mas foi uma boa conversa, sim, por isso apoio-te nisso, independentemente do tema que abordares.

Rui disse...

Muito bom! Mas queria mais pormenores... xD

Cármen disse...

Rui: Tu queres sempre mais pormenores, Rui Manuel! xD Devias ter vergonha!

Cota disse...

"Tinha por cima de si o corpo que reunia todo o seu desejo, a sua ambição, a sua satisfação e a sua plenitude" Que sorte a dele xD

Tiveste bem pequena, tiveste muito bem, grande texto xD

Cármen disse...

Cota: Tu queres é festa. :))

Cota disse...

Normalmente sim, mas agora é só uma critica positiva a um bom texto xD

Cármen disse...

Cota: "Agora", claro. :))

S. disse...

Tens mais entradas com a entrada "sexo". Gotcha! xD

Cármen disse...

S.: Mas não é nada assim.