domingo, 15 de maio de 2011

auto-estima: o primeiro passo para a felicidade

Breathe... by =Sugarock99 on deviantART

Não adianta o mundo inteiro reverenciá-lo, se ao olhar para o espelho você não respeita o que vê.
 Fábio Hernandez

2 comentários:

Andreia André disse...

"Auto-estima" é uma parte importante da nossa 'auto-satisfação'.. Para muitas pessoas ser "feliz" na vida, é estar simlesmente "satisfeito".
Sometimes..happiness is overrated*
=)[gostei da foto] =)

Cármen disse...

Andreia André: Admito ainda não ser capaz de definir concretamente o que a felicidade é. Contudo, não me é possível admitir que alguém consegue ser feliz quando se sente mal consigo próprio. Talvez esteja a dar-te razão, quando dizes que a felicidade é a satisfação, porque quando uma pessoa se sente feliz consigo própria é porque as suas características a satisfazem. Quando digo que a auto-estima é o primeiro passo, quero pôr em evidência que ninguém consegue ser verdadeiramente feliz (por mais que os seus amigos, a sua família, o seu cônjuge, o sistema político, social e económico em que se vive a satisfaçam) se não se sente bem consigo próprio. É que nós próprios somos a nossa maior companhia e somos, simultaneamente, o nosso ponto de partida. É a nossa própria mente que nos cria as emoções, os pensamentos e as sensações, não é a dos outros. É por isso que, se eu me sentir infeliz, não darei razão ao que me diz que eu sou feliz, por mais argumentos que ele invoque. É de mim que tudo parte, para mim. Por isso, só o que eu penso é que importa para mim.
A minha dificuldade na definição deste sentimento instala-se nas seguintes perguntas: poderemos nós, enquanto animais sociais, sentirmo-nos felizes se só nos temos a nós próprios? Não me parece, e é por isso que não defino a felicidade pela auto-estima sozinha. O que falta, então? Não o sei.