quinta-feira, 10 de junho de 2010

mais uma honra

Verdades Absolutas
Mais uma vez, a Sílvia enviou-me um selo de dignidade bloguista. É uma honra receber mais um selo deste género, apesar de, até agora, serem todos da mesma pessoa, pois significa que, algures nesta teia gigantesca de sítios, há alguém que me valoriza bastante, enquanto escritora, a ponto de me destacar para os outros. Ora, sendo a escrita a arte que produzo com mais frequência e uma das mais importantes para mim, sinto-me orgulhosa de o receber, por motivos evidentes.
Aproveito a oportunidade para agradecer a todos os meus seguidores pela paciência de espera, pedindo desculpa por não postar com frequência composições mesmo minhas; mas tenho andado bastante atarefada com a escola, tarefas domésticas, entre outros. Com as férias a caminho, tenho esperanças de ter mais tempo para o blogue, ainda que esteja a planear uma série de actividades para as férias; mas sempre sobrará muito mais tempo. Estou a planear iniciar um estudo em Matemática A - não para tirar grandes proveitos disso, até porque estou em Línguas & Humanidades, curso que exige apenas a matemática mais acessível: Matemática Aplicada às Ciências Sociais; mas sim por interesse próprio: a Matemática A é a mais difícil de todas a nível do secundário e essa mesma dificuldade fascina-me bastante, tenho muita curiosidade para ver como é -, para além de ter uma lista gigante de livros para ler (por prazer) na minha secretária, das tarefas domésticas que serão com maior intensidade, devido ao tempo livre disponível, e da aprendizagem autodidacta de guitarra, que me vai ser oferecida este Verão (em princípio), como recompensa de passagem de ano, que será com notas bastante boas. Não significa que eu me sinta presa à obrigação de fazer novas postagens, mas até porque postar traz-me prazer e põe-me tranquila, quando me expresso através da escrita.

Passemos agora ao desafio:

1) Ostentar orgulhosamente o selo, afirmando que o fazem porque são super especiais.
Modéstia à parte, mas acho que o agradecimento que fiz lá em cima é suficiente, até porque aí estaria a ser convencida, coisa que não faz parte de mim.

2) Confessar uma verdade que não tenham feito a ninguém. Quanto mais escabrosa e mais pormenor tiver melhor!
Peço desculpa, mas não o vou fazer. Há coisas que não conto a ninguém por uma questão de privacidade. Afinal... todos devemos alimentar o nosso próprio ego e reservar determinadas situações só para nós próprios!

3) Oferecer o selo a alguns blogues que achem dignos, isto é, que sejam verdadeiros. Que tenham carácter, profundidade de alma, capisce?

2 comentários:

Yin disse...

Retribuíste o selo... Eish xD
Agora é que estou mesmo feita lol

S. disse...

E era suposto não divulgares quem te deu o primeiro selo... Fui descoberta :O
Agora que penso nisso acho que te dei todos LOL